• Adriana Dias Titton

A série de Rolfing® Integração Estrutural



“A série básica de Rolfing® IE consiste em torno de 10 sessões, podendo estender-se para 13 ou 15, a critério do profissional, baseando sua decisão nas necessidades específicas de cada cliente. Isto se dará sempre que a introdução de sessões de Rolfing® Movement for útil para preparar ou potencializar os resultados do trabalho estrutural de acordo com as necessidades individuais dos clientes.” (Fonte: ABR – Associação Brasileira de Rolfing®)


Ida Rolf enfatizava a importância de que as mudanças sempre fossem feitas em direção ao equilíbrio, pois, nas palavras dela, “A mudança sem o equilíbrio pode ser destrutiva.” Portanto, o objetivo da série básica do Rolfing® IE é permitir ao corpo alcançar níveis cada vez maiores de equilíbrio de forma organizada e progressiva.


E quais são os objetivos de cada uma das sessões da série?

O foco das três primeiras sessões é melhorar as relações na camada mais superficial da nossa “roupa miofascial” que envolve todo o corpo: 


- na 1ª sessão, o foco são as regiões do corpo que possibilitem a ampliação da respiração, pela sua importância vital nos demais processos do nosso organismo e na nossa postura, e o início de um melhor alinhamento da pelve (bacia), por ser um elemento central para uma melhor relação de equilíbrio entre nosso tronco e membros inferiores (pernas); 


- na 2ª sessão, busca-se um melhor alinhamento das articulações dos pés, tornozelos, joelhos e quadril de forma a aumentar o suporte oferecido pelos pés, pernas e bacia ao restante do corpo; 


- na 3ª sessão, o trabalho é realizado nas linhas laterais direita e esquerda, diferenciando e equilibrando as metades da frente e de trás do corpo e estabelecendo um relacionamento mais balanceado entre o tronco e as cinturas escapular e pélvica.


Desta forma, essas três sessões iniciais, além de permitirem um maior conhecimento mútuo entre cliente e terapeuta, proporcionam a esse envoltório do corpo mais espaço/adaptabilidade para os ajustes que se seguirão com o trabalho a ser realizado nas sessões seguintes, nas camadas mais profundas.


Nas sessões 4 a 7, a ênfase é o “core” – espaço visceral localizado entre o assoalho pélvico e a garganta (assoalho da boca):


- na sessão 4, foca-se a linha medial do corpo – pés, pernas e coxas – buscando um melhor relacionamento entre as pernas e a pelve e desta com o espaço visceral; 


- as sessões 5 e 6 são complementares, no sentido de que na 5ª se trabalha toda a linha da frente do corpo, buscando melhorar sua capacidade de extensão (abertura da frente do corpo em direção ao espaço), e na 6ª toda a linha posterior do corpo, possibilitando maior liberdade do eixo axial em relação às estruturas vizinhas; 


- na 7ª sessão, o objetivo é melhorar a relação entre as costas e o pescoço e deste com a cabeça.

Assim, iniciando-se com pés e pernas na 4ª sessão e finalizando na cabeça na 7ª, essas 4 sessões focadas no “core” propiciam ao corpo como um todo encontrar ajustes mais profundos que lhe permitem uma sensação mais clara e organizada de “centro” e de “si mesmo”.


Nas 3 últimas sessões, denominadas “integrativas”, a ênfase é na integração, buscando a melhor relação possível entre os vários segmentos corporais e várias profundidades e camadas trabalhadas:


- nas sessões 8 e 9, busca-se um “ajuste fino” na integração do trabalho realizado nas sessões anteriores; 


- na 10ª e última sessão, trabalha-se de forma que toda a “roupa miofascial” mais superficial tenha mais espaço para deixar tudo o que foi trabalhado nas camadas mais profundas com mais liberdade para se adaptar sem a ajuda do terapeuta. Assim, o cliente poderá dar continuidade ao seu processo de integração, assimilação e reconhecimento das transformações de forma autônoma, utilizando as descobertas que fez sobre si e sobre seu corpo, ao mesmo tempo em que se beneficia da força da gravidade e dos seus movimentos cotidianos para continuar o seu processo de mudanças e desenvolvimento.


"O Rolfing entra no processo do corpo e muda o seu curso. A menos que ocorra um acidente, o corpo prosseguirá em seu novo curso. Os resultados do Rolfing não são apenas permanentes, são progressivos." - Ida P. Rolf

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Google+ Icon

© 2019 por Adriana Titton. Criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now